Diesel lança Deisel, produtos falsificados da própria marca

A marca de moda italiana Diesel abriu o que afirmou ser a primeira loja pop-up ‘autêntica’ de imitações do mundo. A marca escreveu de propósito seu próprio nome de forma errada quando abriu Deisel, uma loja que parecia vender itens falsos.

Deisel foi lançada este mês na Canal Street de Nova York, um local bem conhecido para produtos de grife falsificados. Em um vídeo que narrava o golpe, os compradores negociavam itens que eles não percebiam eram parte de uma coleção Diesel de edição limitada.

As melhores inovações orientadas por tendências abordam – e resolvem – pontos de tensão do consumidor. Esta campanha ousada ocorre em um momento em que os níveis de confiança nas empresas caíram em mínimos históricos.

Mas, ao mesmo tempo, 91% dos consumidores em todo o mundo estão dispostos a recompensar a “autenticidade” de uma marca. Reconhecendo que muitos consumidores comprarão bens falsos, a Deisel mostra que tem um ângulo de conhecimento sobre o que continua a ser uma questão desafiadora para uma indústria ainda obcecada pelo status

O resultado? Diesel deixa claro que atende consumidores modernos. Ele comemora seu comportamento bagunçado e a quebra de regra. Está do seu lado, ao invés de estar exclusivamente focado em seus acionistas. Compreende as mudanças na indústria da moda.

A pergunta que fica: quando uma marca enfrenta um problema é possível ser tão experiente e madura quanto a Diesel ou é melhor lutar contra os consumidores?

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s